A HISTÓRIA DO BOTECO PEDRINI

Um segundo lar para os boêmios na capital

Em 1960, a boêmia de Porto Alegre ganhou novas mesas para se reunir: o Boteco da Venâncio. Palco de conversas e discussões intelectuais acompanhadas por um bom chopp, a casa ganhou tornou-se ponto de encontro da juventude política no início da década de 60. Desde então o Pedrini cresceu e passou a atender diversos públicos, com muita cordialidade, atenção e qualidade nos pratos, petiscos, e bebidas.

Em 2009, a história do Pedrini começou a se fazer presente em mais lugares da capital, ganhando a primeira casa na Lima e Silva, rua conhecida como o lugar mais boêmio da cidade. Após isso, em 2010, a expansão chegou à Assis Brasil e Protásio Alves. A zona sul já era tudo de bom, mas em 2013 ficou ainda melhor com a chegada do Pedrini por lá. Localizada na Avenida Wenceslau, a casa se tornou uma referência de restaurante nos arredores. Em 2014 o Boteco chegou a Gravataí, inaugurando o primeiro Pedrini da região metropolitana.

Muita coisa mudou em Porto Alegre, mas com o Boteco Pedrini, a tradição das noites permanece a mesma.

Boteco-pedrini-fundadores
Caminh∆o_Brahma_sepia
f†brica_brahma_sepia_03
f†brica_brahma_sepia_01_copy-2
  • Black Facebook Icon
  • Black Instagram Icon

#botecopedrini

Venâncio Aires: 3029-0919

Jardim Algarve: 3411-0595

Lima e Silva: 3019-8141
Protásio: 3072-2790

© Boteco Pedrini 2016. Orgulhosamente criado por Tomahawk Propaganda.